Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Me, myself & EM

O meu blog :) Finalmente!!! Espero que possa contribuir, de alguma forma, com alguma "ajudinha" a toda a gente que padece e partilha de EM (ou a dita cuja, Esclerose Múltipla). A todos, desejo: "Um dia de cada vez"!

Me, myself & EM

O meu blog :) Finalmente!!! Espero que possa contribuir, de alguma forma, com alguma "ajudinha" a toda a gente que padece e partilha de EM (ou a dita cuja, Esclerose Múltipla). A todos, desejo: "Um dia de cada vez"!

A sensação de estar sempre doente # The feeling of being always sick

IMG_20180831_222614_262.jpg

 

Bora lá minha gente, depois de uma pequena ausência por umas merecidas FÉRRRIIIIAAAAASSSS, aqui vai um novo post para vocês... Espero que gostem. Mais tarde falarei sobre as férias ;)

 

De repente dizem-te que tens uma doença para a vida inteira e o teu mundo vira do avesso. O que não te explicam é que às vezes não é essa doença te traz a sensação de estares realmente doente, mas as outras que estão à espreita a toda a hora pela sua oportunidade. São essas com as quais também nos devemos preocupar porque muitas vezes levam a uma toma de antibióticos sem fim à vista, o que nos põe perante o dilema de começarem a não ser tão eficazes e o de começarmos a criar resistências. Qualquer dia faço a minha travessia por uma faringite que não consigo curar. Com a toma de tanta medicação, o sistema imunitário fica comprometido, normal, mas não podemos também querer milagres. Quer dizer, se calhar toda a gente sonha com um milagrezinho, mas não se fiem… Costumo dizer que há sempre o reverso da medalha, nada nos é dado, como tal, não podíamos esperar outra coisa de medicações que travam os efeitos de uma doença desmielinizante. Estas medicações acabam por ter assim, vários efeitos adversos que aos quais temos de estar atentos. Com o Avonex, por exemplo, tinha sempre várias infecções urinárias que consegui mais tarde combater com a toma de um UL-250 por dia ao pequeno almoço. Surpresos? Eu fiquei. Nunca pensei que fosse tão simples. O que acontece é que com esta toma, a flora intestinal é reposta e leva a uma diminuição de 60% das infecções urinárias... A seguir com o tisabry, desenvolvia amigdalites a toda a hora. Num ano, consegui ter dez. Tive de ser operada às amígdalas, o que com 32 anos não é muito agradável… A recuperação não foi fácil, mas tudo passa é o que vale. Como não havia mais amígdalas, a seguir fiz faringites… Solução: há sempre, felizmente. Por isso comecei a tomar uma vacina broncho vaxom, que me resolveu também este problema. Assim, de uma taxa de baixa por doença em casa de dez vezes ao ano, consegui diminuir para praticamente zero. Como digo, é tudo uma questão de adaptação. Se não dá por uma lado, dá por outro. O corpo humano habitua-se a praticamente tudo, é só mantermos o foco e não desesperar… Claro que na altura quando ficamos doentes o positivismo falha um pouco, mas tudo passa.

 

thefeelingofbeingalwayssick

Suddenly they tell you that you have an illness for life and your world turns upside down. What they do not explain is that sometimes it is not this disease that gives you the feeling of being really sick, but the others that are lurking all the time for your opportunity. These are the ones that we should also worry about because they often lead to an endless supply of antibiotics, which puts us in the dilemma of starting to be less effective and starting to build resistance. One day I make my journey through a pharyngitis that I can not cure. With the taking of so much medication, the immune system is compromised, normal, but we can not also want miracles. I mean, maybe everyone dreams of a miracle but they do not stick ... I often say that there is always the reverse of the coin, nothing is given to us, as such, we could not expect anything else from medications that stop the effects of an illness demyelinating. These medications end up having thus, several adverse effects that we have to be aware of. With Avonex, for example, I always had several urinary tract infections that I later managed to counter with taking a UL-250 a day at breakfast. Surprised? I stayed. I never thought it was that simple. What happens is that with this intake, the intestinal flora is replaced and leads to a 60% decrease in urinary infections ... Then with tisabry, I developed tonsillitis all the time. In one year I was ten. I had to be operated on the tonsils, which at 32 is not very nice ... The recovery was not easy, but everything goes is worth it. As there were no more tonsils, then I did pharyngitis ... Solution: there is always, fortunately. So I started taking a vaxom broncho vaccine, which also solved this problem. Thus, of a rate of sick leave at home ten times a year, I managed to decrease to practically zero. As I say, it's all a matter of adaptation. If you do not give it one way, give it another. The human body gets used to practically everything, just keep our focus and not despair ...

4 comentários

  • Imagem de perfil

    Inês Santos 26.09.2018

    Boa😉 o plegridy penso que é relativamente recente, mas ainda bem que se sente bem, é sinal que a medicação está a fazer o que deve.😊 os interferons em relação ao cansaço não são tão eficazes, é normal sentir-se assim, é uma questão de ajustar o seu ritmo, o exercício também ajuda nesta questão... Obrigada pelo comentário 😘 tudo a correr bem
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 02.10.2018

    Trata-me por tu. Somos da mesma idade :) pois, lá está! O exercício...essa desgraça...😂
    Às vezes apetece-me parar de o tomar pois não me foi imposto. O médico deixou essa decisão a meu cargo mas...se realmente não tivesse nada não teria dado o resultado na punção lombar... No meu caso até tenho sorte por ser tão mínimo mas que tenho dias que só me apetecer fazer uma pausa, tenho!! Beijinho
    CC
  • Imagem de perfil

    Inês Santos 02.10.2018

    Eu percebo essa vontade de fazer "pausas", se bem que isso pode ser perigoso... Já vi pessoas que decidiram fazer pausas e desenvolveram lesões na RM muito graves... A sensação às vezes de estarmos bem leva a isso mas muitas vezes essa sensação deve-se mesmo à medicação que evita também a progressão da doença. É muito bom ser mínimo, conheci pessoas que tiveram esclerose múltipla quase uma vida inteira e praticamente não deram por ela, nem foi diagnosticada tão pouco😂 que continue tudo a correr bem beijinho
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.