Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Me, myself & EM

O meu blog :) Finalmente!!! Espero que possa contribuir, de alguma forma, com alguma "ajudinha" a toda a gente que padece e partilha de EM (ou a dita cuja, Esclerose Múltipla). A todos, desejo: "Um dia de cada vez"!

Me, myself & EM

O meu blog :) Finalmente!!! Espero que possa contribuir, de alguma forma, com alguma "ajudinha" a toda a gente que padece e partilha de EM (ou a dita cuja, Esclerose Múltipla). A todos, desejo: "Um dia de cada vez"!

Acupuntura

IMG_20181207_085320_332.jpg

 

Hoje decidi falar-vos um pouquinho sobre a acupuntura. Aquela medicina alternativa que para muitos arrepia só de pensar, dada a visão grotesca de várias agulhas a espetarem-se no nosso corpo, com um misto de terror e dor. Esqueçam isso. Não que seja um mito a visão dantesca, não é propriamente vá, porque de facto ficamos com várias agulhas espetadas no corpo, mas estas são de calibre tão mínimo que em termos de dor é quase imperceptível e acabamos por não sentir nada demais…

Durante sensivelmente um ano, fiz acupuntura.

Já tinha confessado o meu cepticismo em relação a este tipo de medicinas alternativas, até as ter experimentado na primeira pessoa. O que é certo é que fiquei fã e também com alguma vergonha pela desdenha fácil, sem saber tampouco sobre o que estava a desdenhar.

Acho que, como tudo, também a acupuntura deve ser realizada sempre por pessoas nas quais confiamos e que sejam óptimas profissionais. Hoje em dia, infelizmente, para além dos excelentes profissionais que temos sorte em encontrar, também encontramos muitos “charlatões” que acabam por querer apenas ganhar dinheiro fácil. A este nível tenho tido sorte. Não só por conseguir encontrar profissionais muito bons, como acabarem por ser ao mesmo tempo excelentes seres humanos. Posso dizer que foi um verdadeiro prazer poder ter partilhado esse ano da minha vida com o meu acupunturista. Na altura, com a acupuntura vi melhorias significativas a nível de cansaço e stress, o qual melhorou imensamente. Relativamente à dor em si, o efeito também é benéfico, traduzindo-se em melhorias muito significativas. Engane-se quem pensa que a acupuntura são só uma série de agulhas que se espetam e acabou, não… De todo. Esta está inserida na medicina tradicional chinesa, uma medicina milenar, mais antiga que a medicina convencional que conhecemos, como tal, não me arrisco a criticar algo que sobrevive há mais de mil anos e que funciona desde então. De facto leva-nos a pensar quem poderá estar mais certo, uma medicina de milhares ou uma mais recente… Como tudo, acho que as coisas funcionariam bem melhor em complemento. Talvez um dia se começe a pensar nisto e alguém concorde comigo. Infelizmente, a acupuntura foi uma das coisas em que fui obrigada a optar e acabei por não poder continuar a fazê-la. Embora, atenção, apesar da minha opção, sobre esta matéria acredito piamente nos seus benefícios.